Olá pessoal! Estava ansiosa para publicar sobre minha viagem à Fernando de Noronha/PE. Foi uma viagem maravilhosa, mágica, posso assim dizer. Fomos em grupo de nove (9) pessoas, e infelizmente eu era a nº 9, sem par, como sempre....kkk... Todos estavam bem acompanhados, mas eu não fiquei tão sozinha assim, até que dei umas paqueradas por lá, foi muito divertido...

Estar em Noronha foi um sonho realizado, e vale salientar que eu não gastei nenhuma grana. Glória! Eu ganhei a passagem de um amigo muito especial para mim. Que Deus o abençoe por essa ação. Como eu dizia, um dos meus sonhos foi realizado, sim, porque existem muitos outros, mas aos poucos Deus está realizando os sonhos mais antigos e até esquecidos por mim. Deus é fiel!

Gente, ao ver Noronha lá do alto me deu uma emoção, fiquei tão maravilhada, a ilha é realmente encantadora. Sabe, ela é como um íma que atrai a gente. Quando toquei o solo, meu coração parecia que ia sair pela boca...kkk... Foi uma sensação única. Noronha era um sonho meio que distante da minha realidade, por isso tanta emoção e excitação por pisar naquele lugar.

Estar com meus amigos, desfrutando de momentos alegres e novos foi tudo de bom, afinal, não é todo o dia que temos oportunidades de estarmos com pessoas que amamos em situações de felicidade, não é mesmo? Pois bem, ocorreu tudo bem, passamos 4 dias mágicos, e o melhor que fomos através de pacote por uma empresa de turismo, o que facilitou nossa estadia na ilha. Não nos preocupamos com nada, a empresa fez tudo por nós, muito bom o atendimento, a saber, a empresa é a ATALAIA. Os guias são maravilhosos, muito gentis e atenciosos, porque para aguentar nossa turma, só sendo muito profissional mesmo...kkk... Mad foi tudo mara...

Bom, agora quero falar sobre o título dessa postagem. Assim, eu fiquei deslumbrada com tanta beleza natural, fiz até mergulho apinéia, algo que jamais deixarei de fazer em minhas viagens a ilhas, praias... Amei, nunca havia mergulhado, e sinceramente é algo muito emocionante ver peixes lindos, tartarugas, arraias, corais, vegetação marinha... Gente é tudo de bom! É algo riquíssimo que jamais esquecerei. Novas experiências que me acrescentou e muito prazer e satisfação. Mas eu quero acrescentar que tanta beleza sem a parte cultural da ilha, não me deixaria totalmente satisfeita. Eu gosto muito do cultural, aprender sobre a história do lugar, o modo de vida durante os anos dos nativos da ilha, as evidênicas dos momentos de guerra e vitórias... É algo explêndido. Saber sobre escravos e modo de vida deles através das ruínas dos fortes foi tudo de bom. Na verdade, eu viajei no tempo, imaginei cada cena enquanto a guia nos falava. Conhecer o sítio histórico foi tudo de bom, embora eu tenha me aborrecido com um dos meus amigos, que só pensava no prazer de estar na praia... Infelizmente existem pessoas que não aprendem muito por onde andam... Mas eu gosto de aprender coisas novas, sempre fui assim, até porque, gosto de publicar sobre minhas experiências em meus blogs.

Que novas experiências possam surgir em minha vida, e que eu saiba aproveitar cada momento com sabedoria, vivendo momentos de prazer e me enchendo de novos conhecimentos, aprendendo mais sobre tudo que nos envolve e rodeia. Bom, caro leitores, é isso, mais que prazer, eu quero cultura.

Com carinho,

Fátima Fraga